Fabricantes de Pneus: a história das grandes marcas na Fórmula 1

Os fabricantes de pneus que conhecemos hoje como referência no mercado foram e continuam sendo peças chave para grandes feitos da Fórmula 1.

Publicado: 01 de setembro de 2021

10 min. de leitura

to-finish

Os fabricantes de pneus que conhecemos hoje como referência no mercado foram e continuam sendo peças chave para grandes feitos da Fórmula 1.

Disputas incríveis entre Ayrton Senna e Alain Prost, as belas vitórias de Michael Schumacher, ou, até mesmo, o protagonismo de Lewis Hamilton.

Tais acontecimentos só foram possíveis devido às grandes marcas de pneus, que ano após ano se modernizam para que os pilotos extraiam o melhor em performance.

Um bom jogo de pneus é capaz de fazer com que um carro normal de passeio possa estar em bom estado por muito mais tempo. Já com um carro de Fórmula 1 ele pode ser a consagração de um atleta.

Desde o seu início, ainda na década de 1950, a F1 já teve diversos fabricantes de pneus fornecendo esses produtos para as equipes que participam dos Grandes Prêmios (GPs). Atualmente (em 2021), a Pirelli faz esse serviço sozinha, porém, a concorrência bate em sua porta todos os anos.

Hoje, no blog da Isauto Center você conhecerá um pouco mais sobre a história das fabricantes de pneus e como elas transformaram a Fórmula 1.

Uma breve história da Fórmula 1

f1

Foto: Fórmula 1/Divulgação

Antes de mais nada, é importante contextualizarmos como a modalidade Fórmula 1 surgiu para o mundo do automobilismo.

Se você é amante de algum esporte, certamente já se deparou com algumas informações desencontradas ou, até mesmo, alguns conflitos entre datas de surgimento. Com as corridas não seria diferente.

Oficialmente, a primeira corrida de Fórmula 1 criada pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) ocorreu em 10 de abril de 1950. Na ocasião, o lendário piloto argentino Juan Manuel Fangio venceu o Grande Prêmio de Pau, na França, com um Maserati. Porém, a corrida acabou não valendo para o torneio do ano.

Além de Fangio, os primeiros astros que dominaram as pistas mundo afora ao seu lado foram Nino Farina e Alberto Ascari. O trio venceu 8 dos primeiros 10 campeonatos mundiais de Fórmula 1.

Entre 1950 e 1953 as corridas ocorreram somente na Europa e nos Estados Unidos. No ano de 1954, a Argentina foi o primeiro país fora desse eixo a receber uma prova, em 1958 foi a vez do Marrocos.

Com o passar dos anos, diversos outros pilotos começaram a se destacar. Dentre eles, destaques para Jack Brabham, Mike Hawthorn, Niki Lauda e James Hunt.

Foi na década de 1970 que o primeiro brasileiro começou a ganhar renome, Emerson Fittipaldi. Ao lado de seu irmão, em 1975 resolveu criar a Copersucar Fittipaldi, a primeira e única equipe brasileira de Fórmula 1.

Outros nomes como Nelson Piquet e Ayrton Senna para o final dos anos de 1980 também começaram a ter uma maior visibilidade. Sendo Senna considerado até hoje o maior piloto do país. O brasileiro também protagonizou uma das maiores rivalidades com Alain Prost.

Entre os anos de 1990 e 2000, Michael Schumacher e Fernando Alonso foram os principais donos das pistas. Já na década de 2010, Lewis Hamilton e Sebastian Vettel dominaram o cenário.

Confira todos os campeões da F1:

PilotoConquistas
Michael Schumacher7
Lewis Hamilton
Juan Manuel Fangio5
Alain Prost4
Sebastian Vettel
Jack Brabham3
Jackie Stewart
Niki Lauda
Nelson Piquet
Ayrton Senna
Alberto Ascari2
Jim Clark
Graham Hill
Emerson Fittipaldi
Mika Hakkien
Fernando Alonso
Nino Farina1
Mike Hawthorn
Phill Hill
John Surtess
Denny Hulme
Jochen Rindt
James Hunt
Mario Andretti
Jody Schenkter
Alan Jones
Keke Rosberg
Nigel Mansell
Damon Hill
Jacques Villeneuve
Kimi Raikkonen
Jenson Button
Nico Rosberg

Onde entram os fabricantes de pneus?

pneus

Foto: Pirelli/Divulgação

Pois bem, resumimos a história da principal modalidade do automobilismo mundial e, agora, é hora de entrar em uma história à parte: as fabricantes de pneus para a Fórmula 1.

Desde que a modalidade ingressou no calendário de eventos esportivos, já foram 9 as fabricantes que produziram pneus para a Fórmula 1, dentre elas, destaques para a Bridgestone e Pirelli que são conhecidas por serem as maiores empresas desse mercado.

Nesse sentido, os pneus que são utilizados nas corridas são projetados para aguentar as exigências, e são bastante distintos dos utilizados em veículos convencionais.

Atualmente, a Pirelli é a única empresa que está fornecendo esses materiais para as equipes, entretanto, em alguns anos, duas empresas chegaram a rivalizar por esse movimento. Em 2005, por exemplo, a Bridgestone e a Michelin protagonizaram uma grande rivalidade.

Os fabricantes de pneus para as corridas automobilísticas precisam estar cientes de todas as demandas que têm para cumprir. Por parte das equipes, existe toda uma estratégia e estudo detalhado sobre o asfalto e a localidade para escolherem os melhores conjuntos para um final de semana.

Basicamente, existem dois tipos de pneus para a Fórmula 1: os para pisos secos e o para os molhados. A banda de rodagem é o que os torna diferentes uns dos outros. Os para pisos secos possuem uma banda lisa, enquanto os outros uma estriada.

Ainda assim, eles podem ser divididos em compostos duros (branco), médios (amarelo), macio (vermelho), intermediário (verde) e molhado (azul), as suas cores auxiliam na visualização do público para entender, também, a estratégia utilizada.

As principais fabricantes de pneus na Fórmula 1

Ao todo, foram 9 marcas que já forneceram pneus para a Fórmula 1, ao lado da Englebert e da Firestone, a Pirelli esteve desde o primeiro momento na modalidade, produzindo de forma seguida até o ano de 1959.

O hiato da marca italiana durou até 1981, quando voltou a fornecer e ficou até o ano de 1986, retornando mais uma vez entre os anos de 1989 e 1991. Após duas décadas longe da modalidade, a Pirelli retornou em 2011, onde permanece até os dias de hoje sendo a única fornecedora neste momento.

A Firestone, que teve sua primeira presença nos primeiros 10 anos e depois entre 1966 e 1975, saiu de cena para que a outra empresa do grupo ganhasse maior notoriedade, a Bridgestone, que teve em 1976 e 1977 as primeiras aparições. Após esse período, retornou em 1997 e ficou até 2010.

Posteriormente, a Dunlop, entre 1958 e 1966, depois em 1968 até 1970 e depois em 1976 e 1977 também esteve presente. Assim como a francesa Michelin atuando de 1977 até 1984 e após entre os anos 2000 e 2006.

Confira na tabela abaixo por quantos anos cada fabricante de pneus forneceu para as equipes da Fórmula 1:

Fabricante de PneusAnos que forneceu
Avon4 (1954 – 1958)
Bridgestone16 (1976 – 1977 e 1997 – 2010)
Continental3 (1954 – 1955 e 1958)
Dunlop14 (1958 – 1966, 1968 – 1970 e 1976 – 1977)
Englebert6 (1950 – 1954 e 1958)
Firestone21 (1950 – 1960 e 1966 – 1975)
Goodyear35 (1960 e 1964 – 1998)
Michelin15 (1977 – 1984 e 2000 – 2006)
Pirelli30 (1950 – 1959, 1981 – 1986, 1989 – 1991 e 2011 – atual

Conclusão

Os fabricantes de pneus são os que fazem boa parte do espetáculo da Fórmula 1 acontecer. É quem movimenta o grid de largada.

Quer o seu carro com as melhores marcas de pneus? As marcas que fazem a principal modalidade do automobilismo mundial? Passa na Isauto Center.

Presente no mercado há mais de duas décadas, a Isauto é referência em serviços automotivos em Caxias do Sul. Com equipamentos modernos, e duas lojas, além de uma equipe extremamente qualificada, a Isauto é sinônimo de segurança.

Mais notícias

Rodízio de Pneus: como fazer de maneira correta

Continuar lendo +

Pneu Furado à Noite: confira as principais dicas para trocar com segurança

Continuar lendo +

Aprenda a Identificar a Correta Viscosidade do Óleo de Motor do seu Carro

Continuar lendo +

Amortecedor do Carro: Quando é a Hora de Trocar?

Os amortecedores desempenham um papel muito relevante no funcionamento do seu veículo, mantendo o pneu em contato com o solo, controlando a abertura e fechamento de molas, al...

Continuar lendo +

Personalização de Carros: Até onde posso ir?

A personalização de carros é bastante comum no Brasil, afinal, para muitas pessoas, os veículos são verdadeiras paixões, sendo tratados como um ente querido.

Continuar lendo +

Receba novidades e promoções da Isauto em seu e-mail

Enviando inscrição...

Obrigado pela sua inscrição!

Houve um erro no envio. Tente novamente mais tarde.

Nome
E-mail

Você precisa aceitar a Política de Privacidade

Carro Offroad

Isauto Center

Rua Ernesto Alves, 1128
Caxias do Sul - RS

(54) 3021.7949
(54) 99909.8569

Isauto Pneus

Rua Ernesto Alves, 1295
Caxias do Sul - RS

(54) 3223.7599